Homem que atropelou e matou irmãos Breno e Bruno morre confronto com a polícia em Guanambi

0
234

O suspeito de tentar assaltar a distribuidora de bebidas morreu após trocar tiros com policiais na tarde de quinta-feira (7), em Guanambi.

GUANAMBI – O homem morto por policiais da Companhia de Emprego Tático Operacional (Ceto) durante um confronto na tarde de quinta-feira (7), em Guanambi, foi identificado como Hélio Santos Primo (Tim), 38 anos.

Tim morreu após tentar assaltar a Distribuidora Disk Cerveja Guanambi, mas acabou sendo cercado e morto pelos policiais. Os dois suspeitos conseguiram escapar.

De acordo com informação da polícia, Tim é o mesmo que atropelou e matou os irmãos Breno Vieira Fernandes de Souza, 26 anos, e  Bruno Vieira Fernandes de Souza, de 23 anos, no dia 28 de julho de 2017, no cruzamento das ruas Maria Quitéria e Joana Angélica, Centro de Guanambi.

Natural do município de Candiba, Tim tinha envolvimento com o crime. Ele é filho de Natalino dos Santos Primo, o qual interrompeu a própria vida em agosto de 2014.

O corpo de Tim está sendo velado na fazenda Junco, zoan rural de Candiba. O sepultamento acontece neste sábado (9), às 08h, no Cemitério de Pilões.

EDIÇÃO: JOÃO MIGUEL