Manifestantes fecharam BA-160 em Bom Jesus da Lapa cobrando melhorias na via

0
46

Um protesto de moradores do Vale São-franciscano da Bahia interditou um trecho da BA-160 nesta quarta-feira (5), em Bom Jesus da Lapa.

A manifestação teve início nas primeiras horas da manhã com o objetivo de cobrar melhorias na rodovia que liga o município à BR-030, próximo ao município de Malhada. Abandonada pelo Estado, a estrada está praticamente intransitável, com muitos buracos e mato tomando conta das margens.

O protesto ocorreu no trevo da BR-430, na saída para o município de Riacho de Santana. Os manifestantes cobraram do poder público a recuperação do trecho de cerca de 120 km da rodovia.

Resto de materiais de construção foram colocados na pista e o transito ficou impedido durante boa parte do dia. Nas barricadas, os manifestantes fixaram cruzes com nomes de pessoas vítimas de acidentes no trecho.

Os manifestantes alegam que as condições da pista coloca em risco a vida das pessoas que possam necessitar de acesso a tratamento de saúde, principalmente no nesse momento em que a pandemia do coronavírus avança pelo interior da Bahia. O Governo do Estado, responsável pela rodovia, não se manifestou sobre o protesto.

O trecho em questão chegou a receber melhorias em 2019, no entanto, os serviços foram interrompidos pouco tempo após serem iniciados.

A rodovia corta praticamente todo a Bahia, sendo que seu traçado é paralelo ao curso do rio São Francisco, ficando distante poucos quilômetros da margem direita. A estrada começa na divisa com Minas Gerais, no município de Iuiú e atravessa a BR-030 sentido Bom Jesus da Lapa. A BA-160 é considerada uma das piores rodovias do país.

Após atravessar a BR-430, o trajeto segue sentido ao município de Ibotirama e segue até a altura do município de Barra. De lá, a BA-160 sai do traçado do Velho Chico e entroca com a BR-330, próximo à Xique-Xique.

O trecho entre Bom Jesus da Lapa e Ibotirama começou a ser recuperado pela Secretaria de Infraestrutura da Bahia. Também há expectativa para licitação da pavimentação do trecho entre Iuiú e o distrito de Pindorama, na divisa com Minas Gerais.

Já o trecho alvo do protesto não tem previsão para receber novo asfalto, apenas cascalhamento para assegura a trafegabilidade. Esta parte da BA-160 passa por mais de 19 comunidades quilombolas assentamentos.

Esta parte da rodovia foi pavimentada em 1990 e o principal objetivo era facilitar o escoamento da produção de agrícola do Projeto Formoso. No entanto, desde então, pouco foi investido na sua conservação.

Por Tiago Marques / agenciasertao
Reprodução / Redes Sociais