Morre pai que provocou morte dos três filhos na zona rural de Pindaí

0
216

Galdino morreu depois de se ferir em um incêndio na tarde de sexta-feira (1º), no povoado de Mato Grosso, zona rural de Pindaí, no sudoeste da Bahia. Além dele, morreram os três filhos.

PINDAÍ / GUANAMBI – Morreu na tarde deste sábado (2) Galdino Souza de Carvalho, 30 anos, depois de se ferir em um incêndio na tarde de sexta-feira (1º), no povoado de Mato Grosso, zona rural de Pindaí, no sudoeste da Bahia. A informação foi confirmada pela direção do HGG ao portal Folha do Vale.

Ele estava internado no Hospital Geral de Guanambi (HGG) com cerca de 80% de seu corpo queimado. No incêndio provocado por ele na tarde de sexta-feira. Morreram João Augusto Pereira Carvalho, de 1 anos e 7 meses, Andresa Pereira Carvalho, de 5 anos, e Maycon Pereira Carvalho, de 9 anos.

Andresa morreu ainda no início da manhã enquanto aguardava transferência, já o irmão mais velho morreu no início da tarde. Ele também aguarda para ser transferido para um centro especializado em Salvador.

Além dos três filhos, Eliana Pereira da Silva, vizinha que ajudou retirar as crianças também se feriu. Ela continua internada no HGG, mas não corre risco. A mãe das crianças Marta Pereira Leão, sofreu ferimentos leves e não precisou ser hospitalizada.

João Augusto morreu carbonizado ainda no interior da residência, já os irmãos morreram na manhã deste sábado no HGG.

De acordo consta na ocorrência policial, por volta das 14h, Galdino trancou os três filhos e espalhou gasolina na residência. Em seguida, ateou fogo no local provocando uma grande explosão. Ele não aceitava o fim do relacionamento.

EDIÇÃO: