Produção de pequi cresce no município de Caetité

0
31

Foram extraídas 145 toneladas de pequi no município de Caetité, no Sudoeste da Bahia, conforme dados divulgados pelo IBGE. Já a produção de umbu também caiu.

De acordo com dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o município de Caetité, no Sudoeste da Bahia, ocupa a 44º posição na produção de pequi nacional.

Conforme informação da Agência Sertão, a extração do pequi vem crescendo na cidade desde 2016. Em 2018, foram extraídas 145 toneladas do fruto no município. Enquanto a extração de umbu caiu nos últimos anos.

Segundo o IBGE, Caetité o primeiro registro da extração de pequi aconteceu em 2016. Ano em que foram contabilizados apenas 2 toneladas. Já em 2017 e 2018 o município de Caetité saltou para 141 e 145 toneladas do fruto respectivamente. Já o umbu, teve uma queda considerável. Em 2016 foram extraídas 14 toneladas do fruto, caindo para 3 toneladas em 2017 e permanecendo no mesmo patamar em 2018.

Também houve queda a nível nacional. O fruto característico da região do semiárido teve extração de 8.470 toneladas em 2016 e de 7.765 toneladas em 2018. Uma redução de 8,4%.

Além do pequi e umbu, a cidade também extrai o coquinho do licuri. Desde 2016, há uma queda na exportação – em 2014, 2015 e 2016 foram 5 mil toneladas e em 2017 e 2018 apenas mil toneladas do fruto, uma redução de 80%.

O Brasil foi responsável pela extração de 17.859 toneladas de pequi em 2016; 21.915 toneladas em 2017 e 21.945 toneladas de pequi em 2018.

EDIÇÃO: JOÃO MIGUEL

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui