Suspeitos de explosão de agências bancárias em Correntina são mortos na cidade de Serra do Ramalho

0
85

Os homens foram mortos em troca de tiros com policiais da Cipe/Cerrado e da 38ªCIPM, na manhã desta terça-feira (11).

 

SERRA DO RAMALHO – Dois suspeitos de participar da explosão das três agências bancárias em Correntina, no Oeste da Bahia, morreram em troca de tiros com policiais da 38ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) e Companhia Independente de Policiamento Especializado (CIPE/CERRADO).

O confronto entre os policiais e os dois criminosos ocorreu na manhã desta terça-feira (11), por volta das 07h, em continuidade a Operação Aerariumque faz referência ao tesouro do estado na Roma Antiga e, cujo sentido é “reserva de moedas”.

Na madrugada da última sexta-feira (7), os criminosos explodiram os bancos Bradesco, Brasil e Caixa Econômica. O valor levado não foi divulgado. ainda na sexta-feira, um suspeito de fazer parte do bando foi morto em confronto com a polícia em Santana.

Conforme informação da polícia, através do DISK DENÚNCIA e compartilhamento de informações entre a PMBA, PCBA, PF e PRF, visando o combate a crimes contra instituições financeiras, foi alertado que dois homens, oriundos de Salvador, estavam na cidade há três dias.

Ainda conforme a polícia, no local indicado pela denúncia a dupla tentou fugir realizando disparos de arma de fogo, momento em que os policiais revidaram à injusta agressão e balearam os suspeitos.

Os suspeitos ainda foram socorridos ao Hospital Gilvan Wanderley de Farias, no entanto, eles não resistiram e morreram minutos após dar entrada.

Os suspeitos estavam com duas armas de fogo, sendo uma pistola e um revólver calibre 38. O revólver estava com duas munições deflagradas e quatro intactas, enquanto a pistola estaca com 4 munições intactas.

As armas apreendidas foram apresentadas no DISEP em Bom Jesus da Lapa, já os corpos encaminhados ao IML – Instituto Médico legal.

EDIÇÃO: JOÃO MIGUEL