Vereadores deixam base de Jairo Magalhães e buscam refúgio no grupo de Nilo Coelho

0
94

A falta de apoio dos três vereadores da base de Jairo Magalhães (PSD) deverá ser a principal justificativa para deixar o grupo do gestor.

 

GUANAMBI – A falta de apoio dos três vereadores da base de Jairo Magalhães (PSD) deverá ser a principal justificativa para deixar o grupo do gestor. Conforme uma publicação Agência Sertão, os vereadores Carlos Jackson “Loló” (PDT), Fausto Azevedo (PSB) e do presidente da Câmara de Guanambi, Zaqueu Rodrigues (PDT), os três se filiarão no Democratas (DEM) até o fim de semana para apoiar o ex-governador e ex-prefeito Nilo Coelho.

De acordo com o site ainda, os três integram a base de apoio do prefeito. Dos três parlamentares, Fausto tentará mais um mandato, enquanto Loló não deverá ser candidato e dedicará seu apoio à candidatura de seu filho Diego Pi.

O site ainda deixa claro na publicação que  Zaqueu poderá ser indicado como candidato a vice-prefeito na chapa de Nilo, já que seu sobrinho também se lançará como pré-candidato a vereador.

Além do presidente da Cãmara, os nomes do pecuarista Luiz Carlos Fernandes, do vereador Nal e do empresário Felipe Duarte, também são cogitados, no entanto, essa decisão deverá ser tomada em agosto.

Segundo aliados do ex-prefeito Nilo, o lançamento oficial da pré-candidatura de Nilo à prefeitura seria na presença do prefeito de Salvador, ACM Neto, mas isso poderá não acontecer devido à pandemia do coronavírus (Covid-19). “Existe uma chance de Nilo lançar oficial seu nome no dia 4 de abril, mas nada confirmado”, disse um aliado.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) manteve o calendário eleitoral. No próximo sábado (4), vencerá o prazo para filiação partidária e para a desincompatibilização, quando ocupantes de cargos como de secretários municipais devem ser exonerados.

EDIÇÃO: