Guanambiense testada positivo para Coronavírus mora em Salvador

0
51

A paciente guanambiense testada positivo para o novo Coronavírus não reside na cidade. Segundo Manoel Paulo, Secretario de Saúde de Guanambi, trata-se de uma médica que atualmente reside em Salvador.

O secretário disse que a mulher encontra-se internada no hospital das clínicas. O estado de saúde não foi informado.

Uma situação semelhante aconteceu há cerca de duas semanas em Bom Jesus da Lapa, quando uma paciente natural do município residente em Salvador foi testada positivo. A Sesab incluiu o caso como se fosse da cidade, no entanto, corrigiu a informação posteriormente, colocando a confirmação na estatística da capital do Estado.

Com a confirmação desta informação, o município de Guanambi continua sem registro de casos confirmados da doença.

Segundo o último boletim da Secretaria municipal de Saúde, havia quatro casos suspeitos aguardando resultado em Guanambi. Além disso, 284 pessoas com sintomas gripais estão sendo monitoradas.

A Bahia registra 1.200 casos confirmados do novo coronavírus (Covid-19), o que representa 11,69% do total de casos notificados. Até o momento, 5.293 casos foram descartados e houve 40 óbitos, registrados nos municípios de Salvador (19), Lauro de Freitas (5) sendo que um dos óbitos é residente no Rio de Janeiro, Gongogi (1), Itapetinga (1), Utinga (1), Adustina (1), Araci (1), Itagibá (1), Uruçuca (2), Ilhéus (2), Belmonte (1), Vitória da Conquista (1), Feira de Santana (1), Itapé (1) e Juazeiro (1). Estes números contabilizam todos os registros de janeiro até as 17 horas deste sábado (18).

Ao todo, 304 pessoas estão recuperadas e 148 encontram-se internadas, sendo 52 em UTI. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais.

Os casos confirmados estão distribuídos em 91 municípios do estado, com maior proporção em Salvador (63,25%). Quanto ao sexo dos casos confirmados, 57,25% foram do sexo feminino. A mediana de idade foi 39 anos, variando de 4 dias a 97 anos. A faixa etária mais acometida foi a de 30 a 39 anos, representando 29,38% do total. O coeficiente de incidência por 1.000.000 habitantes foi maior na faixa etária de 80 anos ou mais (143,27/ 1.000.000 habitantes), indicando que o risco de adoecer foi maior nesta faixa, seguida de 30 a 39 anos (133,82/ 1.000.000 habitantes).

Ressaltamos que os números são dinâmicos e, na medida em que as investigações clínicas e epidemiológicas avançam, os casos são reavaliados, sendo passíveis de reenquadramento na sua classificação. Outras informações em saude.ba.gov.br/coronavirus.

Para acessar o boletim completo, com a lista de municípios com casos confirmados, clique aqui.

Por Tiago Marques / agenciasertao / Foto: Reprodução